Avid Elixir R – Review

On 2011-03-30, in Blog, by Tigas

Uma solução decompromisso para quem não quer gastar muito dinheiro nuns travões mas quer ter um bom poder de travagem.

Avid Elixir R

Unlike the cheapest, supplied-on-bikes Elixir models, the R gets the same TaperBore inline reservoir design as the top-end brakes. Crucially, there’s no rotating bite point adjuster at the far end, which removes most of the bleeding and reliability problems of the family.

The flip-flop design makes it easy to swap over, and it gets the same Matchmaker shifter clamp sharing options as more expensive brakes too. The lever is reach adjustable and has a unique dislocation feature to reduce the chances of crash damage. There is potential for misalignment when setting up the cup-and-cone brake mount but the pads are easy to remove and replace.

While it’s not outstanding on the dyno, the unique lever sweep geometry gives the Elixir R a great feel under your fingers on the trail. There’s loads of progressive, predictable modulation and a 185mm rotor is enough for all but the most aggressive riders.

Ao contrário o mais barato, fornecida sobre modelos, motos Elixir, a R recebe o mesmo design TaperBore reservatório embutido, como os travões topo de gama. Fundamentalmente, não há ajuste de ponto de giro mordida no outro extremo, o que remove a maioria dos problemas de sangramento ea confiabilidade da família.

O design flip-flop faz com que seja mais fácil trocar, e recebe o mesmo Matchmaker opções shifter braçadeira partilha de freios mais caro também. A alavanca é chegar ajustável e tem uma característica única deslocação para reduzir as chances de danos acidente. Há potencial para o desalinhamento, ao estabelecer o freio-copo e cone-monte, mas as almofadas são fáceis de remover e substituir.

Embora não seja excepcional no dyno, a geometria de varredura única alavanca dá a R Elixir uma grande sensação em seus dedos sobre a pista. Há montes de modulação progressiva, previsível e um rotor de 185 milímetros é o suficiente para todos, mas os pilotos mais agressivos.

 

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

WordPress Themes