Pedalada com Fé — travessia Montijo-Fátima –

On 2010-10-10, in Blog, by Vitor Ribeiro

Pedalada com Fé — travessia Montijo-Fátima —   …nome pomposo para dizer: dois malucos que se meteram estrada fora desde o Montijo com destino a Fátima :)

É verdade amigos, no passado dia 5 de Outubro resolvi juntamente com o meu primito fazer uma pequena aventura/maluquice. Ir do Montijo até Fátima, por estrada apenas… 140Km aproximadamente.

Sem grande preparação física (isto para não dizer mesmo nenhuma), saímos do Montijo às 5:25 da manhã e chegámos ao Santuário de Fátima às 14:45. 9h20m a pedalar!!!

Partimos da minha casa no Montijo em direcção à rotunda do Freeport em Alcochete onde apanhámos aì a N118 em direcção ao Porto Alto… que é uma p*** duma recta sem fim á vista!!! Escuro como breu que aquela estrada não tem uma única luzinha, não fossem as excelentes luzes que levava montadas na minha burra e a aventura podía ter ficado por ali mesmo, pois a quantidade de camiões que por aquela recta circula áquela hora da manhã, e a rasgarem por ali fora… UI

Mas lá chegámos ao Porto Alto, por volta das 6h45 e aí fizemos a primeira paragem para beber um cafézinho para abrir a pestana e comer um pastel de nata ainda quentinho. Paragem rápida e voltámos a montá-las com destino agora a Almeirim.

Nova paragem em Almeirim, e feitos os primeiros 70Km da nossa aventura. Aí já de dia, eram cerca de 9 da manhã, encostámos as meninas e fomos tratar do mata-bicho… um sumo de laranja e uma bifana nas castiças caralhotas, com alguns 30cm de pão e umas 4 febras lá dentro… chiça!!! Acho que só concluí a digestão da dita lá para os lados de Alcanena!!!

De Almeirim seguímos para Santarém atravessando a ponte D. Luís. Cruzámos a linha de comboio logo a seguir à ponte e assisti a algo que já não via há muitos anos. Cancelas manuais ainda com uma senhora de já alguma idade de bandeira vermelha em haste a mandar parar o trânsito enquanto o comboio fazía a sua passagem por aquele cruzamento rodoviário… super castiço :)

Dalí a Alcanena foi um pulo. E com isto estavam feitos 100Km. Mas o pior pior pior estava para vir… os restantes 40Km foram na sua esmagadora maioria a subir!!!

40Km a subir em estrada já de si não é pêra doce, e se se tomar em consideração que já levávamos 100 no bucho… fica á vossa imaginação.

Tudo o que posso dizer é que terras como Minde ou Covão dos Coelhos vão ficar para sempre na minha memória…

Resumindo, foi muito bom ter conseguido chegar ao fim e ao destino que era. Não sei se voltarei a fazer essa pequena aventura pois é muito hora em cima dum selim. E dado a quantidade de horas,  a má preparação e a própria geometria da bicicleta não ser a mais adequada para fazer estrada, lixei o joelho direito!!! E tenho os “Trilhos da Raia” em Idanha-a-Nova no próximo fim-de-semana, e o FestivalBike 6 dias depois…

Abraços e boas pedaladas.

PS: fica aqui o link para o google maps do trajecto feito.

http://maps.google.pt/maps?f=d&source=s_d&saddr=Av.+de+Oliven%C3%A7a,+Montijo&daddr=Samora+Correia,+Benavente+to:Almeirim+to:Estr.+da+Esta%C3%A7%C3%A3o%2FN365+to:R.+Comendador+Paulino+Cunha+e+Silva%2FN365+to:Torre+do+Bispo,+Santar%C3%A9m+to:Pernes,+Santar%C3%A9m+to:R.+de+S%C3%A3o+Vicente+to:39.4375661,-8.6681838+to:R.+Dom+Nuno+%C3%81lvares+Pereira%2FN365-4+to:39.4934942,-8.6635736+to:39.4944957,-8.6644825+to:39.49935,-8.6709+to:39.518057,-8.6813001+to:39.52192,-8.68201+to:39.526134,-8.6815764+to:39.52712,-8.68283+to:Cov%C3%A3o+do+Coelho,+Alcanena+to:F%C3%A1tima,+Our%C3%A9m&geocode=FQauTgIdUTJ3_yln4XMEnjkZDTF_BHk0z1uIYA%3BFRz3UQId_aN4_ym33FbJsSEZDTE18NO7wnii2g%3BFaVKVgIdOFZ8_ynbfk-rsvEYDTHMSp4fOE3EqA%3BFXe7VgIdf6F7_w%3BFT-fVwIdieB7_w%3BFWM5WAIdjMx7_ynJMRhZqJIYDTFwzH9PwOsACg%3BFU31WAIdKdZ7_ylxg7BkiY0YDTFGPb9tPE9JgA%3BFcSZWQId_ql7_w%3BFf7EWQId6bt7_yk9grea2pEYDTEg9VO1vesAEw%3BFS4cWgId_sF7_w%3BFXafWgId6817_ykj82GcAJAYDTGguou1vesAEw%3BFV-jWgIdXsp7_ymhj0QNqpoYDTHgt4u1vesAEw%3BFVa2WgIdTLF7_yljr95Ir5oYDTFQsDa2vesAEw%3BFWn_WgIdrIh7_ynNnVHpwZoYDTFQ_M23vesAEw%3BFYAOWwId5oV7_ykBbTCnwpoYDTFwWMy3vesAEw%3BFfYeWwIdmId7_ynfX4mH3ZoYDTGx4MO3vesAEw%3BFdAiWwIdsoJ7_ymjiT5d55oYDTGhXcO1vesAEw%3BFQkyWwIdjql7_ylBGGt42JoYDTGM0hNIUk3QDw%3BFfaWXAIdIMx7_ykdcbF8RoMYDTHwBZHkvesABQ&hl=pt-PT&mra=dme&mrcr=6,7&mrsp=7&sz=14&via=8,10,11,12,13,14,15,16&dirflg=ht&sll=39.427177,-8.662548&sspn=0.030298,0.077162&ie=UTF8&ll=39.496491,-8.633022&spn=0.060536,0.154324&t=h&z=13

 

4 Responses to “Pedalada com Fé — travessia Montijo-Fátima –”

  1. Tigas says:

    E fotos? Não há?

  2. Vitor Ribeiro says:

    Irei colocar sim :)
    Não tirámos muitas pois embora não fossemos em ritmo de competição eram ainda assim 140Km que tínhamos pela frente…
    A máquina era do meu primo mas já lhe pedi as ditas, e assim que as tiver coloco-as aqui :)

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

WordPress Themes